Motos Honda

Vai começar o espetáculo

Scroll

Logótipo da Honda

Brevemente

Se não quer perder as datas de lançamento e de comercialização destes fantásticos modelos basta entrar em contacto connosco e registar o seu interesse.

GL1800 Gold Wing

A cruiser de luxo mais famosa do mundo entra numa nova era.

Uma moto de excelentes acabamentos, com uma série de funcionalidades que exponenciam os níveis de conforto, tecnologia e inovação. Sistema de acelerador eletrónico "throttle by wire" (TBW) com 4 modos de condução, transmissão de dupla embraiagem (DCT) de 7 velocidades, Sistema de Controlo de Tração da Honda (HSTC), motor e quadro novos, combinados com uma suspensão dianteira redesenhada; a nova Honda Gold Wing eleva as viagens de turismo a um nível totalmente novo

Vista dianteira da a três quartos da Honda Gold Wing, com um contentor de navio como fundo, grande plano do emblema, para-brisas e dianteiro e mostradores da Honda Gold Wing.

CRF1000L Africa Twin Adventure Sports

A nossa moto de turismo mais avançada de sempre, capaz de o levar a todo o lado.

"Com um depósito de combustível maior, de 24 litros, barras de proteção do motor, grande placa de proteção do cárter e suspensão de longo curso, para uma excelente distância ao solo, esta moto inspira enorme confiança na condução em todos os tipos de terreno.  Se adicionarmos DCT, embraiagem assistida e deslizante, TBW, 3 modos de condução e punhos aquecidos, a aventura é levada ainda mais longe, porque a True Adventure nunca para.

Vista dianteira da a três quartos da Honda Africa Twin Adventure Sports, grande plano da Honda Africa Twin, dos seus faróis e do motor.

CRF1000L Africa Twin

No seu cerne reside o espírito de aventura.

O aspeto é minimalista em comparação com a versão Adventure Sports. Esguia, focada e mais leve, mas o seu coração, um motor revisto na admissão e no escape e controlado através do acelerador eletrónico, tem o mesmo batimento. Esta versão combina ainda 3 modos de condução com o controlo de tração (HSTC) para uma condução adequada a todos os condutores, beneficiando ainda da embraiagem assistida e deslizante. "O novo painel LCD, em negativo, é fortemente inspirado na moto de competição que participa no Rally Dakar.

Vista dianteira da a três quartos Honda Africa Twin, grande plano do emblema, motor e faróis da Honda Africa Twin.

CB1000R Neo Sports Café

Um modelo Street Fighter Café Racer mas com uma diferença.

Um motor de quatro cilindros com imenso binário a média rotação, numa classe que é só sua. Acelerador eletrónico (TbW), 3 modos de condução e efeito de travão-motor, com Sistema de Controlo da Tração da Honda (HSTC), entregam a potência de forma útil e controlável em toda a faixa de rotação. Este modelo também pesa menos do que a versão anterior e Tem a companhia das suas irmãs mais pequenas, mas com a mesma atitude: a CB300R e a CB125R

Vista dianteira a três quartos da Honda Neo Sports Café, grande plano do logótipo e do assento da moto Honda.

CB300R Neo Sports Café

Uma Café Racer de peso reduzido, que consegue verdadeiramente destacar-se das motos da sua classe.

Com um motor de refrigeração líquida de 286 cc, caixa de 6 velocidades e estilo distinto inspirado na CB1000R, esta moto causa uma boa impressão por onde passa. Concebida para ser ágil, tem um chassis novo com estrutura em tubos de aço prensado em combinação com forquilhas USD de 41 mm e o braço oscilante Pro-Link. As pinças dianteiras radiais de 4 pistões, em combinação com ABS de 2 canais, encontram-se ligadas a uma IMU (Unidade de Medição Inercial) para um controlo preciso em todas as condições de travagem e os faróis são em LED e o painel de instrumentos LCD. 

Vista dianteira a três quartos da Honda CB300R, com grandes planos da roda, da estrutura em alumínio e do depósito de combustível.

CB125R Neo Sports Café

Uma Café Racer para os primeiros passos mas com uma enorme atitude.

Pode ser pequena, mas vem com inúmeras funcionalidades para ajudar os novos pilotos a dar os primeiros passos – em grande estilo. O chassis novo, com estrutura em tubos de aço prensado, foi desenvolvido para máxima agilidade e, juntamente com forquilhas dianteiras USD de 41 mm, garante uma condução fácil e divertida. O amortecimento traseiro Mono-Shock é ajustável em pré-carga e os travões, com ABS, encontram-se ligados a uma IMU (Unidade de Medição Inercial), para controlo mais preciso em todas as condições de travagem. Faróis em LED com painel de instrumentos LCD, tal como o modelo de maiores dimensões, a CB1000R. 

Vista dianteira a três quartos da Honda CB125R, com grandes planos da roda, da estrutura em alumínio e do depósito de combustível.

O novo protótipo Super Cub

Ao longo de seis décadas, este foi um modelo de venda em massa. Uma scooter de preço acessível e fiável que já se tornou um clássico por mérito próprio. E que agora regressa, com o seu estilo inconfundível e aspeto retro, mas sublinhada por detalhes modernos tais como os travões de disco dianteiro e traseiro com ABS, painel de instrumentos analógico/LCD e iluminação LED integral.

Vista dianteira a três quartos da Honda Super Cub, grande plano do assento, do indicador e da roda dianteira.

O novo protótipo Monkey 125

Este modelo foi criado, em 1961, para o Tama Tech Park, um parque temático do mundo desportivo detido pela Honda no circuito de Suzuka. Em 1967, a Honda construiu uma Monkey para a estrada que, desde então, tem conquistado seguidores atrás de seguidores, num culto que não tem fim. Agora, este novo modelo de condução divertida apresenta forquilhas invertidas, travões de disco dianteiro e traseiro com ABS, painel de instrumentos LCD digital, detalhes cromados e um motor potente de 125 cm³.

Vista dianteira a três quartos da Honda Monkey-125, grande plano do logótipo da Honda no assento, no indicador e no farol.

A X-ADV

A primeira scooter SUV do mundo.

Fundindo o sentido prático de uma scooter com o espírito de aventura, a X-ADV apresenta funcionalidades novas e entusiasmantes para 2018. Incluindo um sistema de controlo de tração de 3 níveis e o modo G, estreado na Africa Twin, para mudanças de velocidade diretas na condução fora-de-estrada, proporcionando maior sensibilidade ao motor. Além disso, também existirá uma versão de 35 kW para detentores da carta A2.

Vista dianteira a três quartos da Honda X-ADV, grande plano dos faróis, para-brisas, roda traseira e motor de arranque da Honda X-ADV.