Close
Fechar

Honda CRF250R

ACELERADOR DE CLASSE

AFINADA E POTENTE NAS CURVAS

A MELHOR POTÊNCIA, MAIOR BINÁRIO MÉDIO

Para construir a vantagem, associámos o binário robusto em rotações mais baixas e a potência explosiva nos regimes mais elevados do motor DOHC com um reforço de ambos nos regimes médios.

CHASSIS DA PRÓXIMA GERAÇÃO

O quadro e o braço oscilante da CRF250R são novos e retirados diretamente da CRF450R. Mais leves, têm um equilíbrio de rigidez afinado para uma condução suave em curvas rápidas e em mau estado.

Percorrer

Logótipo da Honda CRF250R.

Prepare-se para a estrada

A classe MX2 move-se rapidamente. Nós também. Voltámos a atualizar a máquina. Por isso, se quer bater os seus recordes, a CRF250R é a sua moto de eleição. É para isso que foi feita.

A partida perfeita. E mais ainda.

Seja o primeiro a experimentar uma. E faça dela a sua moto.

O novo motor DOHC de arranque elétrico da CRF250R aumenta a sua potência muscular nos regimes mais baixos e mais elevados com 10% mais binário entre 6-10.000 rpm graças à câmara de combustão revista, à sincronização da árvore de cames e à eficiência de entrada / escape melhorada. O Controlo de arranque HRC proporciona um arranque sempre perfeito, com um Botão de seleção do modo do motor (EMSB) de 3 modos que o põe no comando da potência. E para fazer uso da atualização do motor, o quadro e o braço oscilante do CRF250R agora são idênticos aos do CRF450R atual, enquanto os recursos de suspensão Showa aumentam o amortecimento de compressão de baixa velocidade. Quer ter a vantagem que faz a diferença? Conduza com intensidade. Com a CRF250R.

Grande plano do motor CRF250R
Grande plano do motor CRF250R
CRF250R em salto sobre pista de terra, vista frontal lateral esquerda a 3 quartos
CRF250R, em pista de terra

MOTOCROSS OU ENDURO

Escolha a sua arma

CRF250R, lado direito CRF250R A Honda CRF250R demonstrou, desde sempre, o seu valor na competitiva batalha da classe MX2. É uma máquina que se converteu numa plataforma que serve os objetivos dos entusiastas de MX e dos pilotos profissionais. Maior binário médio, com o mesma incrível potência nos regimes elevados, além da adição do atual chassis do CRF450R mantém-no à frente dos outros.
CRF250RX, lado direito CRF250RX A CRF250RX emula a CRF450RX e baseia-se na CRF250R. Rápida, ágil e fácil de conduzir, é uma máquina potente, com modificações que a adaptam perfeitamente ao percurso todo o terreno/pista, estando igualmente à vontade quando se move numa subida pela vegetação ou persegue novos recordes em testes de corrida.

Explore a CRF250RX

ALTO DÉBITO DE ENERGIA

Potência máxima impressionante, com maior potência nas rotações mais baixas e com um aumento em níveis médios de rpm.

Os condutores da CRF250R adoram a incrível alta energia no débito de potência máxima do motor DOHC de 4 válvulas e um regime inferior igualmente forte. Mas a HRC queria que fosse mais longe. 10% a mais de torque no nível de 6-10.000 rpm foi obtido com um novo perfil de cames e nova forma das portas de admissão/escape, da coroa do pistão e da câmara de combustão para permitir a revisão do comando das válvulas de escape. A segunda velocidade é mais próxima da terceira para manter o motor em altas rotações e para garantir uma maior durabilidade, a terceira e a quarta velocidades ganham um novo tratamento de superfície. E, assim tal como na CRF450R, a adição de um sensor de posição de velocidade permite a utilização de três mapas de ignição específicos para primeira e segunda, terceira e quarta e quinta velocidades. 

Controlo de arranque HRC

Desenvolvido a partir do feedback direto dos pilotos profissionais da Honda, o Controlo de arranque HRC tem 3 níveis de funcionamento e dá uma vantagem à CRF250R assim que arranca. O Nível 1 opera a 8000 rpm e é adequado para estradas lamacentas (ou para condutores menos experientes). O Nível 2 é a definição básica para estradas secas e opera a 8500 rpm. O Nível 3 arranca a 9500 rpm e destina-se aos condutores experientes.

CRF250R, frente

A área frontal estreita canaliza o fluxo de ar para os radiadores, que apresentam um volume maior

Grande plano do motor CRF250R

Maior potência nas rotações mais baixas, nas médias com uma potência impressionante nos regimes mais altos. O motor CRF250R é uma verdadeira máquina

Botão de seleção do modo do motor (EMSB)

As pistas de MX são imprevisíveis, por isso é importante poder adaptar a personalidade do motor às condições da corrida. E é isso mesmo que os 3 modos do Botão de seleção do modo do motor fazem; o Modo 1 apresenta um equilíbrio entre potência e binário, próprio para a maioria das condições. O Modo 2 suaviza a potência e o binário, melhorando a tração da roda traseira em terrenos escorregadios ou lamacentos. Por sua vez, o Modo 3 debita com agressividade, em terrenos de areia.

 

Forjado corrida após corrida

Um chassis afinado pelos pilotos para a competição.

CRF250R, lado direito

Suspensão Showa com novas válvulas para um maior amortecimento em compressão de baixa velocidade

Os novos quadro e braço oscilante da CRF250R são idênticos aos da CRF450R e possuem um equilíbrio de rigidez cuidadosamente ajustado entre eles; combinado com configurações de amortecimento de compressão de baixa velocidade aumentadas para a suspensão Showa dianteira e traseira totalmente ajustável, o resultado é uma melhor estabilidade, sensação e precisão ao fazer curvas rápidas e em mau estado. Os novos e mais leves apoios para pés usam uma estrutura interna de 4 membranas para limpar a lama; a caixa da bateria está agora posicionada 28 mm mais abaixo para melhorar a centralização da massa. A pinça do travão dianteiro utiliza pistões de 30 e 27 mm, além do tubo de travão de baixa expansão para potência com toque, enquanto o novo material da pastilha do travão traseiro melhora a durabilidade.

Controlo Renthal

O guiador Renthal reduz o peso do sistema de direção e flete-se ligeiramente para maior conforto. A junta superior inclui dois suportes de guiador que permitem mover o guiador 26 mm para trás e para a frente. Ao rodar o suporte a 180 graus, o guiador pode mover-se mais 10 mm da posição base, dando quatro diferentes posições de condução.

CRF250R, grande plano do guiador

As imagens apresentadas não correspondem às especificações europeias

Grande plano do motor CRF250R

Quadro e braço oscilante retirados diretamente da CRF450R